quinta-feira, 8 de maio de 2014

Cosplays da semana

quinta-feira, 13 de março de 2014

Cosplay - Poison Ivy

Ótimo cosplay da Poison Ivy!

Poison Ivy Cosplay

Indicação de blog

Dêem uma visitada no Blog do Helio Rocha!

sexta-feira, 7 de março de 2014

Cosplays da semana

quarta-feira, 5 de março de 2014

Raychuk Moore - Slave Leia

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Você sabe o que é Cozy Mystery?

Os 'cozy mysteries', muitas vezes chamados apenas de 'cozies', são uma parte da literatura de crime/mistério onde o sexo e violência têm apenas uma pequena participação e são inclusive tratados de maneira cômica. O crime em si, bem como a busca pela identidade de quem o cometeu, acontece em uma comunidade pequena e íntima. O termo foi utilizado pela primeira vez no final do século 20, quando vários autores produziram conteúdo em uma tentativa de recriar a Era de Ouro da Ficção Policial.

O detetive típico destas histórias é amador, mulher, intuitivo, estudado e normalmente possui um trabalho que o mantém em constante contato com outros moradores da sua cidade ou região (bibliotecário, professor, dono/vendedor de loja, repórter). Já os criminosos, geralmente não são psicopatas ou serial killers, e sua prisão é feita sem violência. Usualmente são membros da comunidade e o crime é feito por ganância, inveja ou vingança. Nada disso é obrigatório, o importante é que seja uma leitura agradável, relaxante. Cozy em inglês significa relaxante.

Para quem imagina como seria um livro assim, basta pensar nos livros de Agatha Christie ou Georges Simenon, ambos autores publicados no Brasil, e bem conhecidos.

Parece violento, não?
Infelizmente, existem poucas publicações no Brasil que não sejam da Agatha Christie ou Georges Simenon. Claro, algumas séries e escritores já tiveram suas edições em português, como por exemplo a série de Lillian Jackson Braun: The Cat Who... aqui foi publicada como O Gato Que, e teve 3 edições em português: O gato que tocava Brahms, O gato que conhecia Shakespeare e O gato que conhecia um cardeal. É difícil dizer que livros desse estilo já foram publicados no Brasil, tanto pela escassez de títulos, quanto pelo desconhecimento do sub-gênero, já que todos são catalogados como Ficção Policial/Crime. A maneira mais fácil é navegando pela internet, visitando blogs de scans de livros, vendo as capas e títulos lançados nos anos 90.

Podemos até dizer que Agatha Christie é a grande responsável pela base de fãs que o gênero possui. Os livros da Rainha do Crime são bem populares entre os fãs de histórias de detetive, e ao ir em busca de mais, os leitores acabam por cair neste mundo de detetives amadores, aposentados, velhinhas que tricotam ou adultos que são apaixonados por gatos.

Além de livros, o gêneros também possui filmes e seriados, como Miss Fisher's Murder Mysteries, os seriados antigos de Sherlock Holmes, assim como os seriados e filmes baseados em Miss Marple e Poirot.

Para mais informações sobre livros e seriados do estilo, sugiro os seguintes blogs e sites: Cozy-Mystery, Cozy-Mystery Blog, Cozy Mysteries Unlimited, Amazon Top 100 Cozy. Também recomendo entrar na comunidade no GoodReads.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Vídeos da semana #1

A semana está terminando, e para animar a sexta-feira, nada melhor do que alguns vídeos. Você vai ver: Dog Metal (ou quase isso), Trava-língua Nível Ninja, Aranhas assassinas controladas remotamente e quanto de indenização a polícia tem que pagar por causa do Robocop.


segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Uma aventura LEGO - Tudo é incrível!

Domingo foi dia de assistir Uma Aventura LEGO (The LEGO Movie) em 3D. Eu estava curioso e animado com ele, até por que já tinha visto elogios e valeu muito a pena. Confira a sinopse:
A aventura animada em 3D conta a história de Emmet, uma minifigura LEGO® seguidora de regras e perfeitamente comum, que é erroneamente identificada como a pessoa mais extraordinária e a chave para salvar o mundo. Ele é recrutado para integrar uma sociedade de estranhos e seguir uma jornada épica para deter um tirano, uma viagem divertida para a qual Emmet vai totalmente despreparado.
A premissa é bem batida, claro, mas o que importa é como essa história é contada, pois as piadas são boas, e com um bom timing, e o visual também foi feito com muito cuidado. Absolutamente TUDO é feito como lego e até a fumaça e as ondas se movimentam como legos sendo montados e desmontados. A participação do Batman também é impagável, assim como foi legal ver outros personagens e personalidades famosas como LEGO: Lanterna Verde, Mulher Maravilha, Gandalf Dumbledore, Abraham Lincoln, entre outros. Até o lego astronauta da década de 80 aparece, inclusive com o capacete quebrado. Ótima atenção aos detalhes, e deixa difícil não ficar com vontade de conseguir estes bonequinhos para ter na coleção. Eu pessoalmente adorei o Abraham Lincoln, Dumbledore e Gandalf, assim como claro, o Batman.

Good Cop/Bad Cop em um só corpo

A velocidade e andamento da história também ficaram bons, e inclusive o teor das piadas. No começo admito que fiquei com um pouco de receio de que o filme poderia ter ficado meio infantilizado, mas essa impressão durou pouco, e logo começou a ação: Emmet conhece Megaestilo, e tem início uma ótima sequência de resgate, quando o mesmo é preso pelo policial bom/mau, que certamente tem problema quanto à dupla personalidade (ou duas caras na mesma cabeça). Vitruvius, Batman, Presidente Negócios, Benny (o astronauta) e Uni-Gata também compõe o resto dos personagens mais memoráveis, cada qual com adicionando algumas boas cenas cômicas ao filme.



Enfim, sem entrar em mais detalhes, é um filme divertido, engraçado, bem-feito, e com uma boa lição de moral e um forte incentivo para que liberemos nossa criatividade, sem ter que montar cada casa, cada veículo do LEGO seguindo instruções. Isso serve não apenas para as pecinhas do brinquedo, mas sim para toda a vida, afinal não queremos acabar como o Emmet do começo da história: tão 'encaixado' que o seu perfil batia com todas as pessoas registradas no sistema, e mesmo colegas de trabalho que ele tinha cumprimentado de manhã, à noite nem se lembravam mais dele. Claro que o filme é também um incentivo a comprar bonecos e cenários do brinquedo, mas isso já sabíamos que iria acontecer. O importante é que aconteceu por termos à mão um filme divertido, e que nos deixa com vontade de começarmos a montar, montar e montar. Se for para se divertir de maneira criativa, então já me dêem uma caixinha de LEGO para brincar. Até mais!


Brinde: Fiquem com um vídeo de 'erros de gravação' do filme.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Dica de seriado: Bored to Death

Bored to Death é um seriado não muito conhecido, mas que eu recomendo muito. Engraçada, leve, boa pra dar umas risadas e curtir um pouco a noite. A série conta com os atores Jason Schwartzman (Jonathan Ames), Zach Galifianakis (Ray Hueston) e Ted Danson (George Christopher) nos papéis principais. Foi criada por Jonathan Ames (sim, o mesmo nome do personagem principal) e estreou nos EUA em 2009, tendo 3 temporadas e 24 episódios até o seu cancelamento em 2011.


A série conta a história de Jonathan Ames, um escritor de livros de mistério, alcoólatra, que sofre bloqueio criativo e não consegue escrever nada de proveitoso. Cansado com essa situação, resolve virar detetive particular freelancer. Com a ajuda de seu editor George Christopher e do seu melhor amigo, um escritor de historias em quadrinhos chamado Ray Hueston, Jonathan entrará numa história de mistérios que ele próprio costuma escrever em seus livros.
Eu assisti essa série com os meus pais, e  devo dizer que rimos muito. Os três sempre querendo maconha, sempre tentando resolver as situações do pior jeito possível, e cada vez piorando mais as coisas. Você é obrigado a se perguntar: como esse cara resolve algo? ou como ele ainda não morreu? Algumas situações são tão surreais que não nos resta outra alternativa a não ser cair na risada. Zach Galifianakis claro que cumpre muito bem seu papel (quem viu Se Beber não Case pode imaginar), mas Jason Schwartzman e Ted Danson não ficam nem um pouco atrás. Eu diria que eles formaram um ótimo trio, e que tiveram uma ótima sintonia ao sincronizar os desejos de seus personagens: Vinho (Jonathan), Sexo (Ray) e Maconha (George).


Importante mencionar também as atividades de Ray e George. Ray é desenhista de quadrinhos, e possui o seu próprio super-herói, o Super Ray (claro). Ele é uma versão barbuda e pintuda (sim) do super-homem, com um uniforme ainda mais chamativo. Quando aos atributos, ele os usa para combater o crime. Sim, você entendeu certo. Já George é um libertino editor de revista de New York, viciado em mulheres e maconha. É, acho bom dar a chance a esse seriado!

Super Ray possui até cosplayers

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O mundo perdido - Livro de Arthur Conan Doyle

Apesar de mais famoso por suas histórias do detetive Sherlock Holmes, Conan Doyle também escreveu histórias de terror, ficção científica, fantasia, romances, poesia, ficção histórica e livros que não são de ficção. Juntamente com Sherlock Holmes, outro personagem que ele tornou conhecido, embora não tanto quanto o primeiro, foi o Professor Challenger. Sua estréia foi no livro O Mundo Perdido (The Lost World), publicado em 1912. No Brasil, houveram várias traduções, sendo as mais conhecidas feitas em 1958 e 1998.

Capa de O mundo perdido - Arthur Conan Doyle
Capa de uma das edições brasileiras

Ele conta a história de uma expedição científica liderada pelo Professor Challenger a um platô na Amazônia, onde animais pré-históricos que deveriam estar extintos ainda vivem. O livro também retrata a guerra entre nativos e criaturas que se assemelham a macacos.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Clipes que você (não) precisa ver antes de morrer: Help - Bananarama and Lananeeneenoonoo

Admito que a versão da música ficou legal, mas o que raios é esse clipe? E uns backing vocals no final falando 'Heellllpppp' quase dormindo/morrendo? E há ainda a versão EXTENDIDA com 6 minutos. Bem, vamos lá!

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Versão original da música: Twist and Shout (The Beatles/The Top Notes)

Grande sucesso na gravação dos Beatles (1963), esta música que até hoje é um sucesso foi gravada pela primeira vez em 1961 por The Top Notes, mas com o nome de Shake it up, Baby. Além deles, The Isley Brothers, Booker T. and the MG's e The Majors gravaram antes dos Beatles em 1962. Foi pelos Isley Brothers que a música virou um hit, para então se espalhar ainda mais com o cover feito pelos Beatles. Entre os artistas que também gravaram essa música estão: The Mamas and The Papas, The Who, Johnny Rivers, Cliff Richard, Celine Dion, Bruce Springsteen, Tom Jones, Bon Jovi, Del Shannon e McFly.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Dica de filme - A Outra Terra (Another Earth)

Dica de um filme que foi elogiado no Festival de Sundance de 2011: A Outra Terra. Apesar de ser um filme de orçamento baixo, tanto roteiro como atuação foram muito bem feitos. É um filme onde apenas a premissa é de ficção científica, mas o desenrolar do mesmo é um drama. Eu achei o filme uma boa surpresa e recomendo!


Sinopse:
Rhoda Williams, uma mulher jovem e brilhante recentemente aceita no programa de astrofísica do MIT, pretende explorar o cosmos. John Burroughs, um compositor brilhante, acaba de atingir o auge de sua profissão, e está prestes a ter um segundo filho com sua esposa amorosa. Na véspera da descoberta de um novo planeta no espaço, aparentemente escondido atrás do sol (um segundo planeta Terra), a tragédia, e as vidas desses estranhos tornam-se irremediavelmente entrelaçadas. Distante do mundo e os seres que eles conheciam, os dois jovens começam um caso de amor improvável, que vai despertá-los para a vida. Mas quando um deles é apresentado com a oportunidade de viajar para a Terra, outros abraçam uma realidade alternativa. Que vida nova eles vão escolher?



Ele pode ser comprado baratinho na Livraria Cultura

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

E se Uma Babá Quase Perfeita fosse filme de terror?

Em inglês, o filme se chama Mrs. Doubtfire (Sra. Doubtfire). Mas e se a simpática velhinha fosse um psicopata?

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Dica de Livro: The Classic Horror Stories - H.P. Lovecraft

Chegou pelo correio semana passada um livro de capa-dura que é uma coletânea com os contos de Lovecraft (em inglês): The Classic Horror Stories. Olhem que beleza:


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Melhores cosplays de todos os tempos (da última semana) #1

Não foi só com FanArt que Frozen marca presença essa semana no blog. Também temos duas cosplayers gêmeas interpretando os personagens Elsa e Anna da animação: Yuurisans Cosplay.



Vejam abaixo os outros cosplays da semana.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Boneco do Stan Lee como personagem do He-Man

Quem nunca pensou no Stan Lee como um ser todo-poderoso no universo do He-Man and the Masters of the Universe? Bem, provavelmente ninguém nunca pensou, exceto pela Mattel. Com vocês: STANDOR.



Abaixo, o release do boneco (em inglês)
Before time began, the great Gods of the multiverse convened in the Hall of Power to create all that was and all that will ever be. Head architect of this great task was Standor. A cosmic being of unlimited imagination, Standor helped lead his fellow deities by fueling their energies with raw creative force. After creation was complete, it was Standor’s great magic that cast the aura of the Gods across the universe as a wave of power, giving rise to all forms of life and intelligence. With his infinite energy, Standor reaches out into the cosmos and across the dimensional gateways to power all who would become Masters of the Universe for good or evil.
Fonte: ComicsAlliance

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Let It Go cantada em 25 idiomas

Uma linda montagem mostrando a cena de Let It Go, passando por 25 idiomas.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Cosplay: Ursula e Ariel

Dessa vez, nada de 'pikachu versão sexy'. O cosplay de hoje é ninguém menos do que ela: Ursula, A Bruxa do Mar. Acompanhada da Ariel.


domingo, 19 de janeiro de 2014

MMA: Batman & Robin VS Homem Aranha

A luta foi uma completa piada. Ainda assim, vale a pena conferir e perder alguns minutos da sua vida com isso.

sábado, 18 de janeiro de 2014

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Versão Original: Natalie Imbruglia - Torn

A música foi gravada pela primeira vez em 1995, por Ednaswap. Depois, ainda houve uma gravação de 1996 por Trine Rein. Compare as versões abaixo:



quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Simulador de gato aprontador

Chegou a sua vez de subir nas estantes e derrubar livros, copos, jarras e tudo o mais que você tiver vontade. Com vocês: Catlateral Damage.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Biblioteca de Seattle quebra recorde de dominó - Com livros

Pra quem gosta de brincar com dominós (aquela brincadeira de fazer uma fila e depois derrubar), esse vídeo é ótimo. A biblioteca pública de Seattle fez uma campanha para o seu programa de leitura de verão, e quebrou o recorde mundial de dominó com livros. O resultado é lindo.

Perfumes de vilões da Disney


domingo, 12 de janeiro de 2014

sábado, 11 de janeiro de 2014

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Paródia: The Fox (versão Hora de Aventura)

O cartoon Network da África fez uma paródia do popular clipe 'The Fox', com os personagens de Adventure Time/Hora de Aventura. Confira:

Clipes que você (não) deve ver antes de morrer: Leningrad Cowboys - Gimme your Sushi

Uma banda russa, criada inicialmente para fazer um filme 'de zuera', tocando no japão. Ok, vai ser no mínimo inusitado.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

O robô que sempre ganha no Pedra-Papel-Tesoura

Claro, tinha que vir do Japão.


quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Guia: Como escolher o seu dinossauro de estimação.


Mesmo com todos os inconvenientes, ainda escolheria o T-Rex ou o Triceratops, claro.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

FanArt de A História Sem Fim

Nicolas Francoeur fez um belíssimo trabalho em uma releitura do clássico A História Sem Fim. Confira:


domingo, 5 de janeiro de 2014

Versão Original da Música: Valerie (Mark Ronson feat. Amy Winehouse )

Versão original pela banda The Zutons, clipe de 2006.